Três deputados do PTB estão entre os Cabeças do Congresso Nacional e dois em ascensão

Em 2017, o líder do PTB na Câmara, Jovair Arantes (GO), e os deputados petebistas Alex Canziani (PR) e Arnaldo Faria de Sá (SP) estão, mais uma vez, entre os “Cabeças do Congresso Nacional”. Jorge Côrte Real (PE) e Cristiane Brasil (RJ) figuram na lista dos “Parlamentares em Ascensão”.

Os Cabeças são 100 deputados e senadores que conseguem se diferenciar dos demais pelo exercício de todas ou algumas das qualidades e habilidades definidas pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap).

O levantamento é elaborado desde 1986 pela entidade com o objetivo de fornecer ao movimento social e sindical uma radiografia dos principais interlocutores e definidores da agenda do Poder Legislativo.

Negociador

Jovair Arantes está entre os Cabeças pelo 17º ano, classificado como “negociador”. Segundo o Diap, os negociadores são aqueles parlamentares que, investidos de autoridade para firmar e honrar compromissos, sentam-se à mesa de negociação respaldados para tomar decisões.

Os negociadores procuram previamente conhecer as aspirações dos interlocutores para estabelecer sua tática de convencimento. São atributos indispensáveis ao bom negociador, além da credibilidade, a urbanidade no trato, o controle emocional, a habilidade no uso das palavras, discrição e, sobretudo, capacidade de transigir.

Formulador

Classificado como “formulador”, Arnaldo Faria de Sá entra na lista pelo 22º ano seguido. Formuladores são os parlamentares que se dedicam à elaboração de textos com propostas para deliberação. Normalmente são juristas, economistas ou pessoas que se especializaram em determinada área, a ponto de formular sobre os temas que dominam.

São, certamente, os parlamentares mais produtivos, embora tenham menos visibilidade que os debatedores. O saber, a qualidade intelectual e a especialização, embora não sejam exclusivos, são atributos indispensáveis aos formuladores.

Articulador

Pelo 3º ano seguido, Alex Canziani está entre os Cabeças do Congresso e, em 2017, figura como “articulador”. Segundo o Diap, os articuladores/organizadores são parlamentares com excelente trânsito nas diversas correntes políticas, cuja facilidade de interpretar o pensamento da maioria os credencia a ordenar e criar as condições para o consenso. Muitos deles exercem um poder invisível entre seus colegas de bancada, sem aparecer na imprensa ou nos debates de plenários e comissões.

Como interlocutores dos líderes de opinião, encarregam-se de difundir e sustentar as decisões ou intenções dos formadores de opinião, formando uma massa de apoio à iniciativa dos dirigentes dos grupos políticos a que pertencem.

Em ascensão

Cristiane Brasil e Jorge Côrte Real são classificados como parlamentares “em ascensão”. Isso significa que vêm recebendo missões partidárias, políticas ou institucionais e se desincumbindo bem delas.

Estão também nessa categoria os parlamentares que têm buscado abrir canais de interlocução, criando seus próprios espaços e se credenciando para o exercício de lideranças formais ou informais no âmbito do Parlamento.

Veja a lista completa dos Cabeças do Congresso Nacional aqui: https://goo.gl/az7Qkz

Reportagem – Renata Tôrres
Foto – Jotaric

Deixar uma Resposta